quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Sibéria

“Colocaram o Rui na geladeira.” O comentário espirituoso partiu do vereador Dodô durante a inauguração da fábrica de gelo, na semana passada, no bairro Paulas. É que foi Ismael (vereador e irmão de Rui) que acabou, praticamente sozinho, capitalizando politicamente com a entrega da estrutura que beneficiará a comunidade pesqueira – base eleitoral dos irmãos Santos. Rusgas ser formaram recentemente na relação entre Rui e o prefeito Zera, depois que o vereador criticou, durante sessão na Câmara, o atendimento dispensado a sua filha no Pronto Socorro Municipal. Zera não gostou. Logo depois do episódio, o vereador sinalizou que começaria a analisar com mais rigor os projetos de lei enviados pelo Prefeito ao Legislativo. É aguardar e ouvir se o até pouco tempo aliado também estará entre os vereadores não raro alvos de “elogios” no “Informativo” Municipal.

28 comentários:

  1. Caro Sared
    Não sei se é vc q ñ libera mais alguns comentários ou se o "enviar" ñ envia.Mas vou tentar + um.
    Já deve ser do teu conhecimento q foi aberto Concurso Público da Prefeitura. Vc viu os salários oferecidos? A maioria 510,00 ou seja o salário mínimo. Que especie de funcionários eles esperam nomear com esse salário de fome?

    ResponderExcluir
  2. quem daqui a pouco terá de mudar para Sibéria será outra pessoa...
    QUERO VER QUANDO SE TORNAR CIDADÃO COMUM SOFRERÁ AS CONSEQÜÊNCIAS, COLHENDO O QUE ESTA PLANTANDO...

    ResponderExcluir
  3. caludio / morador do paulas8 de outubro de 2010 13:06

    o vereador rui quer cobrar oque sua atuação na cãmara é ruim talvez seu único projeto importante foi criar o dia das descascadeiras de camarão

    ResponderExcluir
  4. O salário do funcionalismo público municipal é uma VERGONHA!Levando em consideração a arrecadação municipal com outros municípios.Infelizmente,devido ao desemprego, muitas pessoas farão o concurso. Será mais e mais funcionários mal remunerados e insatisfeitos.

    ResponderExcluir
  5. A Política in UMA Piada SFS e, elegemos vereadores e Cuja Profissão "Político" ... Piada ..
    Vereador Que Fala pobrema vai resolver Que Problema??

    ResponderExcluir
  6. Já que a 1ª postagen refere-se ao concurso píblico e seus respectivos salárioa, cabe lembrar que a inscrição para o mesmo é de R$ 90,00 (noventa reais). Valor este que nem a RECEITA FEDERAL cobra. Onde estamos? Para onde vamos? Quem somos?

    ResponderExcluir
  7. O vereador era aliado do Odilon e na primeira oportunidade passou pro lado do Zera, e agora já tá vendo a corda apertar , sinceramente fosse o Odilon não aceitaria apoio deste cidadão nunca mais.

    ResponderExcluir
  8. Mateus Müller de Oliveira8 de outubro de 2010 23:58

    Prezados Amigos, Bom Dia. Infelizmente, a maioria dos Vereadores da Atual Gestão, votam contra ou a favor de algum projeto, por convinências partidárias, o Vereador Rui acabou de entrar nesta lista, caso só começe a analisar os projetos a partir do momento. O Prefeito deveria compreender que as críticas surgem e o Vereador tinha o direito de se manifestar, cabendo ao Prefeito o direito de resposta; mas o desentendimento, não nos leva a lugar nenhum, então sugiro ao Sr.Prefeito que converse com o Rui e diga: "Vereador Rui, sempre analise os projetos que mando à Câmara; suas críticas serão bem-vindas." Sugiro ao Prefeito, Vice-Prefeito e Vereadores, que deixam picuinhas e fofocas de bastidores de lado; e dialoguem por uma São Francisco do Sul diferente, um local onde ofereça qualidade para vivermos em paz. Abraço, Mateus.

    ResponderExcluir
  9. Professor da rede Municipal9 de outubro de 2010 00:08

    Sared, seria bom comentar sobre o concurso lançado pela prefeitura, onde há um abuso no número de vagas principalmente referente à Educação. Por exemplo está no Edital que terão 20 vagas para professores de Arte. Isso não é verdade, pois sentamos, um grupo de professores e fizemos as contas, este nímero deverá ser de no máximo 6. A não ser que a Prefeitura esteja construindo umas 14 escolas, e ninguém está sabendo. Só se querem fazer uma SURPRESA! O valor para as inscrições é de 90 reais, o que deixa margem a pensar que se está querendo é levantar dinheiro. Este concurso possui vagas desnecessárias. Sindicato..., bem sindicato enquanto não for oposição, nem adiante pedir nada. Vamos mudar o sindicato em Dezembro gente. Vamos colocar um dos Mosqueteiros para brigar por nossos direitos.

    ResponderExcluir
  10. Tem gente percebendo que a canoa tá afundando. Chega de políticos corruptos; de políticos sem bandeira, sem ideologias, sem valores.Povo, vamos acordar para esse tipo de jogada, onde o que interessa é somente estar do lado do poder.

    ResponderExcluir
  11. Creio que o nobre vereador, esteja completamente errado, visto que, o atendimento deve ser iqual para todos, pois todos somos cidadães. O vereador do PSB, fazendo ironia é ótimo, visto que o mesmo prometeu se empenhar na campanha de DILMA, IDELI, VIGNATTI e DECIO LIMA, mas pelo jeito ou o seu empenho não foi tanto assim ou o mesmo é RUIM DE VOTO. Sendo assim, ele não tem opinião formada sobre todos os assuntos que possam ocorrer na câmara ou no cotidiano da cidade.

    ResponderExcluir
  12. Não entendi muito bem a postura do Sr Professor da rede Municipal. Segundo se lê nos "post's" e se ouve de quem tem filhos nas Escolas Municipais, o número de ACT's é bastante elevado, o que induz à falta de professores efetivos. Se isto é verdade está na hora de se fazer um concurso para completar estas vagas ociosas. As faltas ao trabalho com os consequentes prejuízos para os alunos é notória. Talvez com professores efetivos e afinados com a educação possamos sair dos parcos 4,2 (uma vergonha) do índice do IDEB para algo mais palatável. Com a palavra quem possa nos informar sobre este assunto.

    ResponderExcluir
  13. UM RECADO AOS VEREADORES:

    O LEGISLATIVO TEM QUE SER INDEPENDENTE E FORTE, VIGIANDO OS ATOS DO PREFEITO E ELABORANDO PROJETOS DE RESOLUÇÃO E QUE NÃO ENVOLVAM ORÇAMENTO.
    PREFEITO, CRITICAR FAZ PARTE DA POLÍTICA E VEREADORES SEJAM FIRME AO DEFENDER O POVO....

    ResponderExcluir
  14. É Sr Professor da rede Municipal, tenho dúvidas sobre suas conclusões porque lendo os “post’s” ou conversando com pais que tem filhos nas Escolas municipais, podemos verificar que são muitos os professores ACT’s. Ora isto quer dizer que faltam efetivos. Com os concursados é possível prever uma melhoria no ensino, em função do interesse, comprometimento e dedicação desses profissionais. Desta forma teremos condições de melhorar o vergonhoso índice do IDEB que ostentamos. Toda e qualquer ação neste sentido deve ser aplaudida e se a Administração houve por bem olhar por nossos filhos tal ato deve ser aplaudido e apoiado. Mais esclarecimentos serão benvindos. Com a palavra os gestores da educação e outras pessoas que possam trazer mais informações. Educação é fundamental...

    ResponderExcluir
  15. Primeiro que, segundo consta o que se passou no pronto socorro foi uma tentativa de "carterasso", quem não sabe o que é isso que procure saber, depois que para se analizar com mais rigor os projetos ou qualquer outra coisa que tenha palavras é necessário saber interpretá-las!! Lori Reis

    ResponderExcluir
  16. Estava vendo o edital para o concurso da Prefeitura e notei que parece que a intenção é criar servidor corrupto, porque cargos que considero de grande importância para o município como fiscal de tributo e fiscal de obras e posturas ter como vencimento aqueles valores, com toda certeza o servidor infelizmente será subornado e aceitará o suborno. No meu entender esses cargos precisam ser valorizados para que o servidor não seja corrupto.

    ResponderExcluir
  17. Sared e francisquenses, vejam o edital de concurso público da Prefeitura a escolaridade exigida para fiscal de tributos é nível fundamental.Fiscal de tributo tem de entender da legislação tributária.

    ResponderExcluir
  18. não querendo descriminar ninguém mas o salário de um servente,coveiro que apenas se exige que o candidato seja alfabetizado é o mesmo salário de um auxiliar de enfermagem que precisa ter o segundo grau completo e curso especializado e registro no órgão competente.
    Esta administração é uma piada.

    ResponderExcluir
  19. Sr Maxuel.

    A respeito dos seus questionamentos: existe sim muitos professores contratados, porque no Município, ao contrário do Estado, os professores não recebem por aulas excedentes. Sendo assim, os professores preferem trabalhar com a carga mínima exigida. Mesmo assim, ainda tem professor efetivo com 40h, ministrando abaixo do mínimo exigido, ou seja, não há aulas nem para os efetivos. Outra coisa, a partir do próximo ano, e por 3 anos consecutivos, as séries para os professores do Fundamental II diminuirão, devido a Lei dos 9 anos e, consequentemente, suas aulas também. Portanto seria muito bom que fosse revisto este quadro de vagas. Sou professora efetiva na disciplina de Arte, e achei um tanto abusivo 20 vagas para o mesmo. A não ser que pretendam colocar Arte nas creches, mas até agora nada oficialmente noticiado.
    Espero ter sanado suas dúvidas.

    ResponderExcluir
  20. Sr. Maxuel...

    Pelas suas postagens, que acompanho esporadicamente, percebe-se que o sr está bem informado de tudo que ocorre no serviço público municipal.
    O sr já pensou em candidatar-se a algum cargo político? Quem sabe para vereador, e futuramente prefeito de nossa cidade?

    ResponderExcluir
  21. CAIO PT 13, O atendimento no Pronto Socorro deve ser feito aos pacientes que oferecam risco de vida.Exames,curativos,simples consultas médicas ETC é feito no PREMIR ou qualquer outro posto de saúde. Será que alguém poderia explicar isso ao Vereador Rui. Ainda tem gente que diz que a a saúde está ótima. Cadê a gerência de saúde que não corrige os problemas do Pronto Socorro? Numa coisa o Vereador Rui tem razão..é pá cabá.

    ResponderExcluir
  22. Exoneraram o chefe dos motoristas da secretaria de saúde e em seu lugar colocaram outro joinvilense,VIVA SÃO CHICO.

    ResponderExcluir
  23. INFELIZMENTE, AINDA NÃO APRENDEMOS A VOTAR!!!


    A REFORMA ELEITORAL TEM QUE PASSAR POR CRITÉRIOS MAIS RÍGIDOS, PRINCIPALMENTE NA ESCOLHA DOS NOMES PARA OS PLEITOS NAS PRÉ CONVENÇÕES....
    EM SÃO CHICO AINDA FALTA MUITO!!!

    ENQUANTO A POLÍTICA FOR RENTAVEL HAVERÁ ESTA
    LUTA DO PODER PELO PODER!!!

    AI, AI, PARA O QUE UM DIA SONHOU COM O IDEALISMO !!!

    ResponderExcluir
  24. Sra Prof Mari Mattar, inicialmente congratulo-me consigo por SER PROFESSORA. Restam-me ainda algumas dúvidas:
    1. Se o professor é efetivo como T40 (por exemplo) e não completa suas horas por falta de aulas não recebe seu salário integral?
    2. Qual é o mínimo de aulas exigido para cada matrícula (T10, T20 e T40) para que seu salário seja integral?
    3. A menos que alguém tenha mudado o ordenamento, acho que não haverá solução de continuidade no Fundamental II, porque o aluno que está cursando a 4ª Série deverá ir para o 6º Ano, da 5ª para o 7º. da 6ª para o 8º, da 7ª para o 9º e o da 8ª Série se forma. Continuarão existindo os mesmos 4 (quatro) anos e turmas. A partir do ano seguinte tudo estará normalizado, dentro da nova nomenclatura...

    ResponderExcluir
  25. Maria Teresa (Iperoba)14 de outubro de 2010 13:22

    Gostaria de passar um recado para a SECRETÁRIA DA EDUCAÇÃO que, os alunos da Escola João Germano todos os dias os alunos tem de três à quatro aulas vagas quase todos os dias, nos dias de chuva os alunos são obrigados a ficar dentro das salas de aulas, caso contrário passam todo os tempos das aulas no campinho jogando bola, ou serão todas de Educação Física....por favor "Srª SECRETÁRIA", dê mais um pouco de sua preciosa atenção e olhe mais de perto pelas nossas crianças que ali desejam ser "MENOS UM" analfabeto na nossa querida São Chico. No meu ponto de vista, falta de pagamento não é o que está impedindo os professores de darem suas aulas, pois pelo o que eu sei tantos o EFETIVOS COMO OS ACTs, recebem os seus salários pagos pela Prefeitura, será que o Prefeito está sabendo dessa falta de atenção?????????

    ResponderExcluir
  26. O Vereador Rui como sempre levando do Ismael, e o pior é que ele não reage.

    ResponderExcluir
  27. Caro Blogueiro (Anônimo 12 Out 11:30H) agradeço suas gentis palavras, mas na verdade nunca me passou pela cabeça postular qualquer cargo político. Provavelmente vou continuar daqui observando e estudando nossa tão querida S. Chico e discutindo com pessoas (Nas quais o incluo)que possam trazer luz para o seu progresso. Pequenas ações e soluções de problemas menores evitam que se tornem grandes e de difícil solução. Na educação, precisamos apenas ensinar nossas crianças a ler, escrever, calcular e pensar. Este será o primeiro grande passo para o futuro delas...

    ResponderExcluir
  28. Sr Maxuel,

    As cargas mínimas exigidas seriam de 8 aulas para quem tem 10, 16 aulas para os de 20, 24 para 30 e 32 para a carga de 40 horas.
    Mesmo assim tem professor ministrando 27 aulas e recebendo por 40, o que, na minha opinião é um absurdo. No entanto este fato já foi conversado na secretaria de Educação, mas até agora nenhuma medida foi tomada.
    Quanto a Lei dos 9 anos: esta Lei está sendo um problema, pois cada município e rede de ensino a aplicou a sua maneira. Existe uma Lei assinada pelo governador em exercício, na época, sr Eduardo Pinho Moreira, onde ele designa o ano de 2007 como início da implantação em Santa Catarina. Apesar desta Lei, algumas escolas optaram de forma diferente. Aqui em nossa cidade apenas uma encontra-se fora desta norma, vamos assim dizer. Todas as escolas estaduais aderiram, pois se Leis existem, devem ser cumpridas.
    Bem, sendo assim, existe atualmente dois ensinos fundamentais acontecendo simultaneamente; o EF de 8 anos (séries), e o EF de 9 anos (anos), sendo que gradativamente o de 8 anos será extinto dando lugar definitivamente ao de 9 anos. Porém a cada ano, até se extinguir o de 8 anos, uma série deixará de existir. Não seria bem como o sr falou, que os da 4ª série seguiriam para o 6º ano, mas sim da 4ª para o 5º ano. Olha é complicado explicar pelo blog, mas assim como o sr está interpretando de uma forma, aconteceu com a Educação, talvez no país inteiro. Está uma confusão.

    Abço.

    ResponderExcluir