quinta-feira, 7 de julho de 2011

Dedo na ferida

O prefeito Luiz Zera (PP) assinou nesta quarta-feira (6) a ordem de serviço para o asfaltamento da rua Eleotério Tavares, no bairro Rocio Pequeno. Com direito a foguetório e transmissão ao vivo pelo programa de rádio oficial, Zera subiu o tom para dizer que tanto a Eleotério Tavares quanto a Estudante Célio do Nascimento e a Travessa Keller, no mesmo bairro, já deveriam ter passado por melhorias há anos, não fosse o “dinheiro desviado”. A referência foi à ação judicial movida contra o ex-prefeito Odilon Ferreira de Oliveira (PMDB) e outros quatro vereadores da legislatura retrasada por suspeita de corrupção. Hoje, Odilon se limitou a dizer que está “tranqüilo” e que não comentaria as afirmações de Zera. 


Além de pavimentação, a rua Eleotério Tavares também passará por drenagem pluvial. A expectativa da Prefeitura é de que as obras sejam concluídas antes do final deste ano. Ainda de acordo com Zera, as empresas vencedoras da licitação para o asfaltamento da rua Estudante Célio do Nascimento e da Travessa Keller serão conhecidas no dia 5 de agosto. Embora tentasse esconder o tom político do discurso durante a assinatura da ordem de serviço, na manhã de ontem, Zera pediu aos francisquenses que não deixassem antigos governantes retornar à Prefeitura.


A pavimentação das três ruas serão bancadas com recursos da própria Prefeitura. Mas para dar sequência a uma espécie de "operação tapete preto", com a realização de obras em outros bairros, Zera aguarda autorização da Câmara de Vereadores para garantir financiamento junto ao Badesc na ordem de R$ 20 milhões.

7 comentários:

  1. Prezado Saréd, Bom Dia.

    Penso que o Prefeito Luiz Zera, por mais que tinha dito a verdade sobre uma provável improbriedade administrativa, o mesmo poderia abster-se de criticar seus concorrentes políticos em Inauguração de Obras, pois o importante é que ele vai fazer, sobre terem deixado de realizar, isto deve ser comentado em outro espaço, não em momentos que podem elucidar campanha política.

    Sucesso para o Seu Blog Saréd.

    Abraço,
    Mateus.

    ResponderExcluir
  2. Deixa o homem trabalhar

    isso zera

    deivid

    ResponderExcluir
  3. A verdade tem que ser dita aos quatro ventos. O povo não pode ficar na ignorância de fatos que lhe dizem respeito e que afetem toda a sociedade.
    Errou, foi pego, pague...

    ResponderExcluir
  4. Talvez ela tenha exagerado um pouco no tom do discurso, mas nenhum político deixaria de faturar num caso como esse. Aí já pedir demais. Fora isso, os francisquenses não podem apagar da memória os desmandos e as picaretagens ocorridas em passado recente. Não estamos falando de boato, mas de um fato concreto: comeram dinheiro do povo. E ponto final.

    ResponderExcluir
  5. Concordo com você Almir, embora não vejo exagero nenhum por parte do Chefe do Executivo, ao falar que esta devolvendo ao povo do bairro Rocio Pequeno , o que lhes foi tirado.
    A Cartilha de uma boa Gestão recomenda prudência e olhar biônico para as obras públicas e para que nunca haja dúvidas de superfaturamento, pois , o dinheiro que some, pertence ao povo , a coletividade, não é dinheiro de ETS.

    ResponderExcluir
  6. Francisco Maia - Paulas20 de julho de 2011 23:18

    Estranho a atitude do Prefeito Zera, porque será que na época dos fatos ele não fez todo esse barulho?

    ResponderExcluir
  7. olha só o prefeito zera, de moralista passou a ser investigado estranho. vcs não acham?

    ResponderExcluir