terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Baile Municipal: partes negociam valores

Trinta mil reais é quanto a Prefeitura deverá repassar ao Clube Náutico Cruzeiro do Sul para realizar o Baile Municipal.

Veja aqui o post sobre o retorno do evento ao clube

O valor do ingresso ainda não está definido, mas não deverá ultrapassar o valor do ingresso de outro evento grande realizado pela entidade - o Baile do Hawai; R$ 25. Sócios terão entrada gratuita no Baile Municipal.




Quinhentos e trinta mil reais, foram anunciados no último dia 12 para o Carnaval francisquense. Parte do valor já foi repassado.


Para cada uma das escolas: R$ 75 mil; blocos carnavalescos: R$ 20 mil; estrutura para o desfile (organizado pela liga carnavalesca): R$ 160 mil; premiação: R$ 50 mil.

17 comentários:

  1. Absurdo! 30 mil pra 1 noite??? quem entende de valores de segurança, banda essas coisas, sabe que não vai tudo isso! Meu deus, onde estamos?

    ResponderExcluir
  2. Rediculo uma prefeitura envestir dinheiro em um clube particular,esse dinheiro poderia estar melhorando em muito nosso carnaval, querem ideias....
    Marcos
    Rocio Pequeno

    ResponderExcluir
  3. Eis o que consta acima desta "caixa" para comentários: "Antes de escrever, lembre-se: comentários anônimos, ofensivos, com palavras de baixo calão, amenidades não serão publicados. Evite escrever o texto todo com maiúsculas; seja suscinto. Opine com responsabilidade!" Pronto. Mais uma vez: OS COMENTARISTAS PRECISAM COLOCAR, NO MÍNIMO, O PRIMEIRO NOME PARA QUE O COMENTÁRIO SEJA PUBLICADO. Apelidos são secundários; até dispensáveis. Mas não serão excluídos. Obrigado.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia,

    Sei la se esta certo ou não, mas o baile municipal são para autoridades, funcionarios e etc que tambem pagam seus impostos como qualquer outro cidadão. Hoje estão reclamando de 30 mil, na gestão passada eram 60 mil reais. Não adianta falar que poderia ser investido aqui no centro, por que o carnaval de rua de sao francisco acabou o antigo prefeito tirou daqui o carnaval e hoje não tem como competir com o carnaval da praia, la é muito melhor. Só para terminar, acho que estão misturando as coisas, baile municipal que meu pai e familiares me falaram, ele nunca foi para o povo e sim para autoridades e convidados, o cruzeiro só esta fazendo a parte dele, alugando o espaço para fazerem a festa.

    ResponderExcluir
  5. Nunca vou concordar que o dinheiro do povão seja colocado apenas em beneficio ou luxo de alguns ( Alguns com poder aquisitivo sufciciente para bancar).

    30.000,00 por uma noite de luxuria para os ricos.

    Marcos- Forte.

    ResponderExcluir
  6. joão santos rodrigues25 de janeiro de 2012 17:15

    Dinheiro para hospital~, não têm. Carnaval sim.

    Fala caio

    ResponderExcluir
  7. Meu nome é EDUARDO, acho que o zera esta fazendo uma revolução administrativa,na saúde, na parte do funcionalismo,enfim um governo tecnico, acabou a politicagem dos cargos comissionados, com ele tem que trabalhar, mais o povo prefere um prefeito bonzinho que não faça nada.Acorda povo, nao votei no zera nao tenho partido,mais contra as obras nao a argumentos.

    ResponderExcluir
  8. EDUARDO,

    O problema é que se acaba com o carnaval o povo reclama, e se gasta com o carnaval o povo tambem reclama ????????

    ResponderExcluir
  9. Bom dia,

    O que eu to sabendo, que 90% da verba do carnaval, é para o carnaval de rua, sendo o centro como alvo principal. Ja até adianto que quem vai tocar é Turma do Pagode e Axé Blond (Bahia) e mais atrações. Lembrando que não trabalho no porto, portanto procurem saber e não criticar antes do tempo.

    ResponderExcluir
  10. CARNAVAL TEM QUE SER FEITO COM AMOR....DINHEIRO DO POVO É CARNAVAL DE RUA PARA O POVO FRANCISCQUENSE (POR LUIZ ZERA EM FEVEREIRO DE 2011)

    ResponderExcluir
  11. Enquanto a distribuição de verbas rola solta para o CARNAVAL. Os professores do Município ficam sem receber seu 1/3 de férias...

    Explica aí dona secretária e seu prefeito. Onde aplicaram nosso 1/3 de férias?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. professorinha a senhora deveria se atualizar faz quase um ano que foi informado a todos os funcionários que as férias serão pagos no mês que a pessoa começou a trabalhar na prefeitura ou seja se você entrou em setembro irá receber as suas férias em setembro e ai por diante procure antes se informar para depois pensar em criticar

      adoniram saulo freitas albuquerque

      Excluir
  12. joao santos rodrigues2 de fevereiro de 2012 13:13

    Perguntar não ofende. Porque as escolas de sambas de Sao Francisco do Sul, não trocam os presidentes? ou eles sao vitalícios. Não vejo edital de eleições. Me respondam por favor.

    ResponderExcluir
  13. Sr Adoniram,

    comunico-o que nenhum professor sabia que haveria mudanças no pagamento do 1/3 de férias, até porque isto é inconstitucional. Se o sr observar a Constituição, no artigo 7 inciso XII, diz que... "gozo de férias anuais remuneradas com, pelo menos, um terço a mais do que o salário normal". É sabido que este benefício é exatamente para que o empregado possa usufruir melhor suas férias.
    De que adiantaria receber após retornar ao seu trabalho? Claro que adiantaria, mas não para seu objetivo real.
    Na CLT, inclusive, o não pagamento até dois dias antes do início da mesma, obriga o empregador a pagá-lo em dobro.

    Pergunto: seria a professora Maria a desinformada, ou o sr Adoniram, que não conhece Leis Trabalhistas?

    Desde quando, qual a Lei que diz que o pagamento de 1/3 de férias deve ser pago de acordo com a admissão de cada empregado?

    ResponderExcluir
  14. joao santos rodrigues4 de fevereiro de 2012 08:58

    Valeu Mari. Eles sabem mas procuram extorquir os trabalhadores dos seus direitos. Que vergonha essa situação.

    ResponderExcluir
  15. Sared,

    sobre nosso 1/3 de ferias, fui até o RH e perguntei ao sr Souza o porquê de não termos recebido tal benefício. A resposta que obtive foi a de que estamos em "recesso escolar" e não em "ferias". Então perguntei se ainda teríamos direito as ferias, pois segundo a informação obtida, não recebemos porque não estamos fazendo jus.

    Gostaria de lembrar ao sr Souza o que diz nosso Estatuto do Magistério no cap VII, artigo 23...

    "Lc nº 3 de 25 de Fevereiro de 2003
    Art. 23 - Aos professores em exercício de regência de classe nas unidades escolares são asseguradas férias anuais de 45 (quarenta e cinco) dias, distribuídas nos períodos de recesso escolar, conforme o interesse da escola, sendo de 30 (trinta) dias as férias anuais dos demais integrantes do Magistério."


    É estranho, que em todos os anos de trabalho no Magistério (17 anos completos em fevereiro), NUNCA aconteceu de passarmos nossas ferias ou recesso, sem receber nosso 1/3.

    Os professores sempre contaram com este benefício, e alguns foram pegos de "calças curtas", e ainda há os que receberão em julho, agosto, setembro... de acordo com a data de admissão.

    Lamentável!

    ResponderExcluir
  16. FRANCISCO MAIA - PAULAS17 de fevereiro de 2012 06:22

    Este Souza do (RD)RECURSOS DESUMANOS da Prefeitura entende é mesmo é de forças armadas, teste de sobrevivência na selva e enaltecer o Prefeito, porque em termos de administração pública, não entende nada. Sr. Souza,peça exoneraçao de seu cargo de gerente de administraçao e fique apenas como segurança do Prefeito.

    ResponderExcluir